Projetos a decorrer

PRACTICE - Acções de Recuperação e Prevenção para Combater a Desertificação

Uma Avaliação Integrada / Comissão Europeia Support Action FP7
O PRACTICE é uma iniciativa global que junta cientistas e actores-chave de algumas das regiões mais afectadas do mundo, de modo a reunir conhecimento científico e local, que permita chamar a atenção para o desafio da desertificação.


Deste modo, espera-se aprender com experiências passadas e em curso e com a troca de informação gerada.
O PRACTICE envolve equipas de investigação e plataformas de actores-chave em sites localizados em 12 países. Estes sites, ou locais de monitorização, estão distribuídos por:
- Europa Mediterrânica: Grécia, Itália, Espanha e Portugal;
- África: Marrocos, Namíbia, África do Sul;
- Médio Oriente: Israel;
- Ásia: China
- América do Centro e Sul: México e Chile.
Portugal contribui para o PRACTICE com um site: a Zona de Protecção Especial (ZPE) para as Aves de Castro Verde, situada no Baixo Alentejo.
A LPN é a entidade Portuguesa parceira do Projecto, coordenado pela Fundação CEAM, em Espanha.

Objectivos Actividades  Resultados  |  Parceiros  |  Financiadores  |  Período do Projecto

 
Objectivos

A Desertificação é um problema socioeconómico e ambiental importante, que afecta grande parte das zonas áridas do Mundo, resultando numa perda significativa de produtividade económica e biológica.
Dar resposta à desertificação, aperfeiçoando a eficiência na gestão dos recursos e da terra, representa um passo crucial para melhorar o bem-estar social nas zonas áridas. Apesar da ciência ter efectuado um progresso notável na compreensão das causas e dos processos de desertificação, ainda é limitada a avaliação das práticas para combater a desertificação, assim como a troca de experiências e conhecimento e a incorporação da dimensão social nas soluções. Deste modo, a adopção das melhores práticas nos esforços de recuperação e prevenção pode ficar comprometida.
O PRACTICE pretende, em primeiro lugar, desenvolver e aplicar instrumentos de avaliação participada, para determinar a eficácia das práticas de recuperação e prevenção, integrando as dimensões humanas e biofísicas da desertificação e o envolvimento dos actores-chave a todos os níveis. Este envolvimento inclui agricultores, proprietários, gestores de recursos naturais, cientistas e decisores políticos (nacionais e internacionais). Os instrumentos desenvolvidos no âmbito do Projecto têm um grande potencial, podendo ter aplicabilidade em outras temáticas (com as devidas adaptações), que não apenas a desertificação.
Em segundo lugar, o PRACTICE prevê o estabelecimento de uma rede internacional de locais de monitorização a longo prazo que facilite o intercâmbio de conhecimento relativo a práticas de combate à desertificação com sucesso a nível mundial. Pretende-se deste modo facultar e melhorar o acesso a dados de longo prazo, o que permitirá a realização de análises e investigações, de modo a encontrar as melhores soluções possíveis para o combate à desertificação.



Actividades

Para cada site do Projecto as equipas de parceiros identificam os actores-chave do território e as Acções de Combate à Desertificação que têm vindo a ser implementadas no terreno.
As Acções são posteriormente avaliadas, através de um Protocolo criado especificamente para este efeito e que exige o cumprimento das seguintes actividades gerais:
  •  Realização de entrevistas aos actores-chave para obtenção de informação sobre a sua percepção em relação às Acções de Combate à Desertificação locais e recolha de indicadores sugeridos durante as entrevistas para Avaliar estas Acções;
  • Definição de indicadores biofísicos, económicos e sócio-culturais para posterior medição nas áreas de implementação das Acções (indicadores comuns e indicadores específicos de cada site – propostos por especialistas e pelos actores-chave entrevistados);
  • Realização de Workshops com os actores-chave, para aplicação de metodologias participativas específicas, visando a obtenção de dados quantitativos e qualitativos e a possibilidade de troca de conhecimento e aprendizagem social entre os participantes;
  • Realização de um Workshop final que apresenta aos actores-chave os resultados da avaliação integrada das Acções de Combate à Desertificação (obtidos através da aplicação de uma Análise Multi-critérios, que integra os dados quantitativos e qualitativos recolhidos nas etapas anteriores), sendo-lhes em seguida solicitada uma reavaliação das Acções, à luz da troca de conhecimento e aprendizagem social que o Protocolo implementado possibilitou. A equipa do Projecto sintetiza e apresenta os resultados desta reavaliação e, durante todo o desenrolar do processo participativo, recolhe também informações quantitativas e qualitativas.
As quatro reuniões Plenárias que também são realizadas no decorrer do Projecto, em vários dos países participantes (Espanha, Itália, Portugal e África do Sul), permitem a apresentação de resultados do trabalho empreendido nos diversos sites e o esclarecimento de dúvidas por todos os parceiros. Estes encontros constituem um amplo espaço de debate, entre cientistas e permitem a interacção com realidades territoriais e actores-chave distintos.
No desenrolar do Projecto são ainda elaborados elementos escritos e audiovisuais, que documentam os resultados das actividades levadas a cabo e constituem uma forma de disseminação dos outputs do projecto pela comunidade científica e público em geral. Destacam-se os seguintes:
  • Elaboração de Fichas informativas sobre o projecto nas diversas línguas das entidades parceiras;
  • Elaboração de Fichas sobre o Projecto e as Acções de Combate à Desertificação nos sites, para apresentação aos actores-chave durante as entrevistas realizadas;
  • Relatório intercalar sobre o processo participativo encetado em todos os sites (coordenação a cargo da LPN);
  • Relatório para cada site sobre o trabalho de medição dos indicadores seleccionados no terreno;
  • Relatório final sobre o processo participativo encetado em todos os sites;
  • Criação de vídeos informativos para efeitos de disseminação pelo público em geral, nomeadamente: i) video que a LPN realizou sobre o encontro de parceiros que decorreu em Maio de 2011 em Castro Verde (inclui a visita de campo realizada, em que participam actores-chave e parceiros do Projecto oriundos de vários países do Mundo, além da apresentação dos resultados preliminares no site de Castro Verde, decorrentes da aplicação das fases iniciais do Protocolo estabelecido para o Projecto); ii) vídeo a elaborar após o encontro final na África do Sul; iii) outros vídeos elaborados pelos parceiros sobre os respectivos sites, nomeadamente no site El Salado no México;
  • Disponibilização pública na internet de base de dados com os indicadores medidos em todos os sites;
  • Relatório síntese, com uma visão global das melhores práticas identificadas para combater a desertificação.
Resultados

Os elementos escritos e audiovisuais que constituem outputs do Projecto, estão disponíveis em:  http://www.ceam.es/practice

Parceiros

Coordenação: 
 Fundación CEAM - Espanha

Parceiros:
  • Liga para a Protecção da Natureza (LPN) - Portugal
  • Universidad de Alicante - Espanha
  • Fundación Universidad Empresa Región de Murcia & Ministério do Ambiente Espanhol of Environment - Espanha
  • School of Environmental Sciences and Development, North-West University (NWU) – África do Sul
  • University of Trier - Alemanha
  • University of Hamburg, BioCentre Flottbek (UHAM) - Alemanha
  • Instituto de Ecología y Biodiversidad (IEB) - Chile
  • NE Normal University & Shengyang Institute of Applied Ecology (NENU-CAS) – China
  • Aristotle University of Thessaloniki - Grécia
  • Ben Gurion University (BGU) - Israel
  • Nucleo di Ricerca sulla Desertificazione (NRD), University of Sassari - Itália
  • Euro Mediterranean Center on Climate Change (CMCC) - Itália
  • Universidad Autónoma de Nuevo León (UANL) - México
  • University of Aberdeen (UNIABDN) – Reino Unido
  • University of Arizona - USA
Financiamento

Custo Total: 1.109.720 €
Contribuição CE: 976.963 €

Período do projecto
Duração: 36 meses | Data de Início: 01/09/2009 Data de conclusão: 31/08/2012