Realizadas

ProjectMar

O ProjectMar visa a recolha de todos os resíduos sólidos encontrados por mergulhadores no decurso das suas atividades recreativas subaquáticas, promovendo assim a limpeza do meio ambiente subaquático, a preservação das espécies e a sensibilização das populações para os impatos das suas ações no meio marinho.


O ProjectMar nasce de um desafio lançado pela Divetek a várias instituições, entre elas a LPN, de criar um projecto que, ao mesmo tempo que divulga e dinamiza o mergulho recreativo em Portugal, pudesse desenvolver atividades que tenham uma contribuição palpável para o bem-estar da sociedade em geral.

O projeto é liderado pela Divetek e ao grupo de parceiros iniciais (LPN, ICNB, Sociedade Ponto Verde, PADI, Quercus, Parque Natural da Arrábida e Project AWARE) têm-se juntado mais entidades, constituindo um grupo dinâmico e activo no melhoramento de cada ação ProjectMar.

Tradicionalmente o mar era visto simultaneamente como uma fonte inesgotável de recursos alimentares e como um depósito sem fim dos resíduos que qualquer sociedade humana produz. Apesar de hoje se saber que nenhuma destas ideias é verdadeira e que mar é muito mais frágil do que se pensava, o Homem continua danificar os ecossistemas marinhos.

Estima-se que se atiram ao mar anualmente três vezes mais lixo do que o total de peixe pescado. Mais de um milhão de aves, cem mil mamíferos e inúmeros peixes morrem por ano no Pacífico Norte, por ingerirem lixo por engano ou por ficarem presos em aglomerações de lixo. Estudos mostram que 68% do lixo encontrado no mar são produtos plásticos (sacos e outros) e 32% de outros materiais (redes, garrafas de vidro, madeira, bóias, etc).

Foram realizadas cinco ações: Sesimbra, Peniche, Portimão, Baía de Cascais, Porto Côvo.

Após a sua apresentação pública em Setembro de 2008, o ProjectMar arrancou a sério com um mergulho em Sesimbra no dia 18 de Outubro de 2008. Nesse baptismo de mar do projecto participaram cerca de 100 mergulhadores tendo sido recolhida uma tonelada de resíduos do fundo do mar.

Desde desse dia realizaram-se dois outros mergulhos conjuntos, um em Portimão e outro nas Berlengas-Peniche. Nessas duas acções foi retirada mais de uma tonelada de resíduos do Mar.
É importante que se tenha consciência que este lixo não "caiu ao mar sozinho" e salvaguardando as situações acidentais, é seguro afirmar que na sua grande maioria é colocado no mar pela mão humana contribuindo, consciente ou inconscientemente, para a extinção de espécies e consequentemente, a destruição dos ecossistemas.



É URGENTE MUDAR DE ATITUDE!!!

29 de Maio - Cascais - Maior acção de limpeza subaquática em Portugal

Poderíamos considerar que a acção de limpeza subaquática que aconteceu no dia 29 de Maio na Baía de Cascais foi um sucesso. Poderíamos, se ainda não estivéssemos estupefactos com o que recolhemos do fundo daquele bocadinho de mar tão celebrado na cultura portuguesa.

É que ancoras, pneus e restos de instrumentos usados na pesca são habituais e esperados neste tipo de operações. Mas carrinhos de supermercado? E uso o plural porque não encontrámos apenas um. Eram tantos carrinhos que podemos excluir qualquer causa acidental das explicações possíveis para a sua presença tão longe do seu “habitat natural”.

Para história do ProjectMar ficam os números do maior Dia ProjectMar até esta ocasião:
180 Mergulhadores entraram na água e recolheram 4 toneladas de resíduos (desta vez foi obrigatória a utilização de gruas para conseguir retirar do mar algumas estruturas de grandes dimensões). Outra novidade foi a presença de um ecrã gigante na Praia dos Pescadores que permitiu acabar em directo alguns dos trabalhos realizados por quem estava dentro de água.

O próximo Dia ProjectMar decorreu a 15 de Agosto de 2009, em Porto Côvo.


Veja mais fotografias da acção em página da LPN no Facebook
(em http://www.facebook.com/album.php?aid=79491&id=89487287280&ref=mf  )

A iniciativa “A nossa Casa, o nosso Planeta” apoia a participação da LPN no ProjectMar.