Projeto Despertar para a Natureza



Efetua um percurso pela natureza conhecendo a biodiversidade e a geodiversidade…



 

O projeto Despertar para a Natureza é o desafio de aproximação à natureza que a LPN lança às escolas do ensino básico no ano letivo 2016-7. Inicialmente é dirigido a três escolas do ensino básico da região metropolitana de Lisboa, com o objetivo de ampliá-lo às escolas de toda a região de Lisboa e alargá-lo posteriormente ao âmbito nacional.

É um projeto que visa apoiar e estimular a realização de saídas de campo pelas escolas. As saídas de campo são uma estratégia de ensino/aprendizagem que, bem planeada e bem explorada, desperta o interesse dos alunos e leva à sua ativa participação, pois permitem a observação direta e em ambiente natural.

Desenvolvido por três turmas do Agrupamento Vertical de Escolas Almeida Garrett, Agrupamento de Escolas Quinta de Marrocos e Agrupamento de Escolas RuyBelo, tem os seguintes objetivos principais:

•    Promover a aproximação ao mundo natural;
•   Conhecer melhor e caraterizar a geodiversidade,  biodiversidade e aspetos do património cultural da região;
•    Promover a interligação entre a teoria dos currículos escolares e a prática;
•    Possibilitar a relevância dos vários conteúdos programáticos escolares;
•    Vivenciar as situações em contexto que em sala de aula não se consegue reproduzir;
•    Facilitar a sociabilidade e a afetividade entre os elementos envolvidos na saída de campo;
•    Elaborar itinerários na natureza e construi guiões interpretativos de campo.

A quem se destina?

Escolas do ensino público do 2º, 3º Ciclo e Secundário.

SAÍDAS DE CAMPO
Cada saída de campo é alvo de uma ação planeada e contínua no tempo, incluindo saídas experimentais com a colaboração de técnicos qualificados permitindo estabelecer parcerias com instituições científicas de ambiente e da conservação da natureza.
Nas saídas de campo experimentais há a definição e apresentação de cada uma das áreas investigando-se os seus valores naturais, designadamente a sua geodiversidade e biodiversidade e ainda alguns  aspetos culturais numa ótica que se pretende transdisciplinar.


LOCAIS A VISITAR
Praia das Avencas


               Praia das Avencas                          Anemonia sp. e Mytilus sp.                      Carcinus maenas

                        Disjunção esperoidal                                   Filão magmático


Reserva Natural do Estuário do Tejo


         Vista aérea de Mouchões                            Alfaiate (Recurvirostra avosetta)                            Sítios das hortas

Flamingos (Phoenicopterus roseus)                               Pancas                          Salinas do Samouco


Praia de Carcavelos | Guincho | Dunas da Cresmina | Lagoa Azul| Pedra Furada | Penedo do Lexim


                             Fóssil com ostraídeos                          Praia da Cresmina                                Fóssil de gastrópode


                    Duna da Cresmina                                     Lagoa Azul                                                            Lapiás da Pedra Furada

 
Penedo do Lexim - Disjunção prismática             Penedo do Lexim         Satirião-menor (Anacamptis pyramidalis)


Parque Florestal de Monsanto

Himantoglossum robertianum                         Gymnopilus junonius                         Espaço Biodiversidade                                     


   Cephalanthera longifolia


INFORMAÇÕES DETALHADAS SOBRE O PROJETO AQUI


DOCUMENTOS
Artigo sobre as Atividades de Trabalho de Campo e a Educação Ambiental


NOTÍCIAS RELACIONADAS
-Uma aula diferente - Saída de campo à praia das Avencas (Parede)
-Reserva Natural do Estuário do Tejo – Atividade de Trabalho de Campo com o Agrupamento de Escolas Almeida Garrett
-LPN e Câmara Municipal da Amadora promoveram Seminário Sobre Educação Ambiental no Dia Mundial Da Terra
-À descoberta do parque Florestal do Monsanto

Para mais informações contactar geral@lpn.pt | 217 780 097