Notícias

LPN cria Redes de Custódia para espécies e habitats

A LPN está a promover a criação de Redes de Custódia para a conservação da águia-imperial, dos charcos temporários mediterrânicos e do saramugo no âmbito dos Projetos LIFE em curso no Sul de Portugal.









A Custódia de Natureza é usada mundialmente como uma ferramenta que envolve os cidadãos na conservação e gestão da natureza e da biodiversidade através de uma participação ativa para auxiliar a conservação de espécies e habitats de elevado valor natural. Na sua base está o princípio de corresponsabilidade na gestão dos recursos e valores naturais, com ações como o “cuidar”, o “respeitar”, o “partilhar”, o “envolvimento” e o “compromisso”. .

Neste contexto, a LPN está a promover a criação de três Redes de Custódia dirigidas à conservação da águia-imperial-ibérica, dos charcos temporários mediterrânicos e do saramugo. Estas iniciativas surgem no âmbito dos três projetos LIFE atualmente em curso (cofinanciados pelo Programa LIFE da Comissão Europeia), nomeadamente o LIFE Imperial, o LIFE Charcos e o LIFE Saramugo.

Os valores naturais a custodiar no âmbito destes projetos são a águia-imperial-ibérica, espécie “Criticamente em Perigo”, o saramugo, também “Criticamente em Perigo”, e os charcos temporários mediterrânicos, um habitat classificado como prioritário pela Diretiva Europeia Habitats e que alberga plantas raras, anfíbios ameaçados, répteis, micromamíferos e crustáceos grandes branquiópodes endémicos de Portugal.

Estas Redes de Custódia pretendem envolver na conservação das espécies e habitats todos os cidadãos, proprietários e gestores agrícolas, florestais e cinegéticos, e entidades, entre as quais empresas, escolas e universidades, autarquias e organizações governamentais e não-governamentais. Os membros destas redes podem colaborar de diferentes formas, sendo o tipo de envolvimento adaptado à missão e interesses do membro aderente. A colaboração direta em ações específicas dos Projetos LIFE, o voluntariado, a distribuição de material de divulgação, a promoção nas redes sociais, a disponibilização de recursos e o apoio à organização de eventos são alguns exemplos de formas de participação no âmbito das Redes de Custódia.

Com a criação destas Redes de Custódia, a conservação da natureza passa a ter instrumentos de atuação que privilegiam um envolvimento pró-ativo de toda a sociedade civil.

Conheça os Projetos LIFE da LPN e torne-se membro das Redes de Custódia:
•    "Guardiões da Águia-imperial" - Rede de Custódia para a conservação da Águia-imperial-ibérica em Portugal. Saiba mais em www.lifeimperial.lpn.pt
•    "Guardiões dos Charcos Temporários" - Rede de Custódia para a conservação dos Charcos Temporários Mediterrânicos. Saiba mais em www.lifecharcos.lpn.pt
•    “Guardiões do Saramugo” - Rede de Custódia para a conservação do Saramugo. Saiba mais em: www.lifesaramugo.lpn.pt